segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

SURFANDO EM "WAVE"


(CLIQUE PARA OUVIR - "WAVE")
(Daniel Jobim e Luiza Jobim - "Wave", do Tom Jobim)

     O Tom Jobim certamente gostava do Exupéry* - em especial de "O Pequeno Príncipe". Lembro-me que o encarte de seu último disco** trazia uma foto de uma das belas praias do Rio de Janeiro, com duas frases do Exupéry no canto superior direito: 

"L'essentiel est invisible. On ne voit qu'avec le coeur."
(O essencial é invisível [aos olhos]. Só se vê bem com o coração.)
 
(Encarte do disco "Antônio Brasileiro" - 1994 - fonte: http://admusicaalberto.blogspot.com.br/2011/05/pato-preto.html)

     Essas frases foram extraídas de "O Pequeno Príncipe". Elas aparecem no livro quando a raposa e o príncipe dialogam a respeito do quanto se tornam especiais - um para o outro - aqueles que se cativam***.

     Mas essas mesmas frases já haviam inspirado o Tom. É muito conhecida essa história. O Tom compôs e gravou "Wave" em 1967, em disco instrumental com o mesmo nome. E depois disso pediu ao Chico Buarque que colocasse letra na música.


(Capa de "Wave", 1967 -fonte: http://www.israbox.net/1146431501-antonio-carlos-jobim-collection-lossless-mp3-1959-2008.html)

     Mas o Chico não foi além da primeira frase. Por isso o Tom, dando sequência no "vou te contar", do Chico, inspirou-se nas mesmas duas frases do mesmo diálogo entre o pequeno príncipe com a raposa e escreveu:

"Meus olhos já não podem ver
coisas que só o coração pode entender"

     E como o Tom gostava de falar de amor, para concluir a primeira estrofe ele emendou:

"fundamental é mesmo o amor
é impossível ser feliz sozinho"

     Portanto, se o Chico havia dito que iria nos contar alguma coisa, foi o próprio Tom quem acabou nos contando tudo.


______________________
*Antoine de Saint-Exupéry (1900/1944) - escritor, ilustrador e piloto francês. Escreveu "O Pequeno Príncipe"
**"Antônio Brasileiro", de 1994
***O Pequeno Príncipe. Exupery. 48ª edição. Agir, 2006. pág. 72

Um comentário:

  1. Sorte contar um com a parceria do outro. Música linda e inspiradora!

    ResponderExcluir